09 de janeiro de 2020 às 10:03

Réus da operação Audacium são condenados a penas que ultrapassam 400 anos


Crédito:Reprodução/João Daniel (EPTV)

Réus da Operação “Audacium”, contra o tráfico de drogas, em 2018, em Poços de Caldas (MG), foram condenados a penas que ultrapassam os 430 anos de prisão pela justiça. Ao todo, 21 pessoas foram condenadas.

Conforme a sentença publicada, um dos principais líderes foi condenado a 43 anos, sendo os demais membros da cúpula condenados a 36 e 30 anos. Já os vendedores que atuavam no ponto de drogas foram condenados a penas que variam entre 22 e 25 anos. 

Segundo a Polícia Civil, o nome da operação nasceu a partir da ousadia dos criminosos em manter um ponto de tráfico de drogas próximo à delegacia regional. A operação cumpriu mais de 40 mandados de busca e apreensão. 

Vinte e duas pessoas foram presas em Poços de Caldas e no interior de São Paulo. Mais de R$ 8 milhões em imóveis e carros de luxo foram bloqueados pela justiça.

Fonte: G1 Poços de Caldas


Fonte: CLIENT

comentários

Estúdio Ao Vivo