28 de dezembro de 2018 às 09:18

Poços de Caldas deverá entrar em estado de calamidade financeira

Informação foi dada pelo próprio prefeito durante solenidade

Crédito:Reprodução/Luciano Lopes

A informação foi divulgada pelo próprio prefeito, Sérgio Azevedo (PSDB), na tarde de quarta-feira (26). 

O pronunciamento aconteceu durante a solenidade de devolução simbólica de um cheque de mais de R$ 9 milhões da Câmara Municipal à Prefeitura. O decreto de calamidade deve ser publicado no Diário Oficial do município hoje (28).

A decisão foi tomada depois que Sérgio e mais 11 prefeitos das maiores cidades de Minas Gerais, estiveram reunidos com o governador eleito, Romeu Zema (Novo). Na ocasião, foram informados que os atrasos nos repasses no governo vão continuar devido à situação financeira que o estado se encontra, sem previsão de regularização.

Azevedo já havia baixado um decreto de emergência financeira com validade até 31 de dezembro, na expectativa de que os repasses fossem regularizados assim que o novo governador assumisse.  


Fonte: CLIENT

comentários

| 92FM São João'); }
Estúdio Ao Vivo