Notícias

22 de janeiro de 2020 às 10:17

Maioria dos sanjoanenses que não fizeram a biometria possuem mais de 70 anos


Crédito:Reprodução/Internet

O número é alto: 12.184 sanjoanenses deixaram de fazer o recadastramento biométrico em São João da Boa Vista. Em Águas da Prata, estância vizinha, 1300 pessoas não realizaram o procedimento obrigatório. As informações são do Cartório Eleitoral de São João da Boa Vista

Em situação irregular, essas pessoas podem ter o título de eleitor cancelado e, até mesmo, o CPF bloqueado devido à não realização da biometria. Mas, haverá mais uma oportunidade de regularizar o nome de fevereiro a maio. A data limite se refere ao último dia antes do fechamento do cadastro eleitoral para a realização das eleições de 2020, conforme artigo 91 da Lei 9.504/97, conhecida como a Lei das Eleições.

De acordo com o chefe do Cartório Eleitoral de São João, Domênico Costa, a maioria dos sanjoanenses em situação irregular já têm mais de 70 anos, o que permite que não precisem mais votar e até mesmo que não tenham os CPFs bloqueados e as demais complicações.

Os eleitores que não se encaixam nesta isenção precisam fazer a biometria, no período em que será permitida a revalidação, para não sofrerem as penalidades acarretadas a partir do cancelamento do título de eleitor. Basta levar os documentos pessoais como RG, CPF, título de eleitor e comprovante de residência. 

O Cartório está localizado à rua Dilo Gianelli, 88, no bairro Parque das Nações.


Fonte: CLIENT

comentários

Estúdio Ao Vivo